Skip to main content
Artesanato e vida rural

Artesanato e vida rural

Artesanato e Vida Rural


A província de Salamanca entesoura ofícios e labores ancestrais cristalizados em belos artesanatos.

Os ourives e joalheiros utilizam metais preciosos para entrelaçar magistralmente a célebre filigrana charra na capital, Ciudad Rodrigo, Mogarraz, San Martín del Castañar ou Tamames. Estes hábeis canteiros, herdeiros dos que ajudaram a decorar templos e palácios, trabalham a arenisca em Villamayor e o granito em Sorihuela e Los Santos.

A humilde argila, em Alba de Tormes, Cespedosa ou el Bodón, transforma-se pela mão de oleiros e ceramistas em objetos domésticos e em verdadeiras obras de arte ao alcance de qualquer economia. Villoruela é o centro produtor de artesanato de vime, enquanto que em La Alberca e Mogarraz a madeira é talhada com primor. Por sua vez, Montemayor del Río é a referência em cestaria de castanho.

O algodão e a lã fornecem os teares de Bodón e Morasverdes e permitem a confeção de impressionantes bordados na Serra de França. A vocação ganadeira da província favorece a presença de especialistas guarnicioneiros e sapateiros em Macotera, Salamanca, Villavieja de Yeltes, Ciudad Rodrigo, Béjar ou Mogarraz.

Todos eles exemplos do labor de mestres artesãos que enriquecem, com o seu trabalho, a cultura e a originalidade desta terra.

  • Centro de documentação e interpretação do vime

    Centro de documentação e interpretação do vime

    Nas antigas casas dos mestres de Villoruela, encontramos este centrro que pretende conservar e mostrar às novas gerações a história da que foi, até há relativamente pouco tempo, uma atividade produtiva fundamental na localidade.

  • Museu do traje

    A indumentária albercana tradicional tem as suas raízes na Idade Média, mas tal como a conhecemos atualmente, obedece a padrões que datam dos séculos XVIII e XIX.

  • Museu etnográfico "Casa dos Artesanatos"

    Em plena praça maior de uma vila que é, toda ela, um museu ao ar livre, o visitante encontrará uma montagem simples, mas atrativa, centrada nos artesanatos mais representativos da Serra de França.

  • A Casa-museu "Saturjuanela", en La Alberca

    A Casa-museu “Saturjuanela” de La Alberca é uma iniciativa privada que dignifica a vida tradicional, modesta em bens materiais, mas rica em matizes e símbolos. É uma das poucas casas albercanas tradicionais conservadas no seu estado puro.